Posted on 2014-09-30
Tecnologia portuguesa à conquista dos Estados Unidos da América
Xhockware, Displr, Followprice e WeTruck são as quatro startups portuguesas que começam esta quarta-feira um programa de aceleração de oito semanas na Carnegie Mellon University, ao abrigo do inRes. Ir às compras com o smartphone: fazer a lista dos elementos em falta, comprar e pagar. Como? Através do SmartShopping, um sistema de checkout desenvolvido pela Xhockware que promete efetuar o pagamento de um carrinho de compras completo em menos de um minuto. O produto assegura ao retalhista proteção contra o roubo e é compatível com as caixas dos retalhistas mundiais, independentemente da marca ou tecnologia. E é português. A Xhockware é uma das quatro equipas portuguesas que rumaram aos Estados Unidos da América (EUA) para acelerarem as tecnologias e os negócios que lançaram por cá. Durante as oito semanas em que vão estar em Pittsburgh e na Carnegie Mellon University (CMU), as startups Xhockware, Displr, Followprice e WeTruck vão aproveitar para desenvolver produtos e serviços, reforçar competências de gestão e liderança, gerir a propriedade intelectual, aumentar a rede de contactos de potenciais clientes, fornecedores, parceiros e mentores, entre outros aspetos relacionados com o negócio. O programa de oito semanas de imersão em solo norte-americano faz parte da edição de 2014 do inRes, uma iniciativa de aceleração de negócios na área das tecnologias de informação e comunicação (TIC), coordenada pelo programa Carnegie Mellon Portugal, cuja missão é colocar o país na vanguarda da inovação nesta área. Como? Apostando na investigação de ponta, na “excelência” na formação pós-graduada e numa ligação muito próxima com a indústria portuguesa...
back to news