Varejo na Era Pós-COVID: novos consumidores, nova concorrência.

O que aconteceu durante a crise está prestes a se tornar história. As perdas de vendas foram em sua maioria contextuais: a maioria das lojas simplesmente foram fechadas e, com poucas exceções, as restrições de mobilidade impostas pela quarentena impossibilitaram as pessoas de sair de suas casas e fazer compras.
Portanto, acredito firmemente que o aumento significativo das vendas on-line nos últimos três a quatro meses foi principalmente devido a estas razões contextuais, e embora mudanças significativas estejam chegando ao setor, não creio que esta seja a mais significativa delas. É razoável admitir que as tendências já vistas antes da pandemia, como: a crescente de compras on-line a cada ano (e mais novas vendas realizadas deste modo do que compras físicas), podem eventualmente acelerar seu ritmo, especialmente nos primeiros meses pós-Covid19 , mas muito mais vai mudar. Muitos especialistas do Varejo estão expressando opiniões que são consistentes com minha convicção a respeito deste assunto. Eventualmente, outros podem ter visões contrárias. Todos teremos que esperar que mais dados estejam disponíveis nos próximos meses, para entender melhor o alcance deste fenômeno. (…)

Texto escrito por
João Carvalho

Para ler o artigo completo, clique no link para aceder ao artigo no linkedin:

https://www.linkedin.com/pulse/retail-post-covid-era-new-consumers-competition-jo%25C3%25A3o-carvalho/?trackingId=CnAHTtMEV02lY4Fyk6oc%2Fg%3D%3D