Carnegie Mellon Portugal leva quatro equipes empreendedoras para os EUA para acelerar seus negócios

DISPLR, Followprice, WeTruck e Xhockware são as quatro startups selecionadas para fazer parte do inRes 2014, um programa de aceleração em estágio muito inicial para equipes empreendedoras que trabalham em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), em Portugal, oferecidas pelo Programa Carnegie Mellon Portugal. O inRes fornecerá um período de treinamento em Portugal, seguido de um período de imersão estruturada de seis semanas em Pittsburgh, nos EUA, ancorado na Carnegie Mellon University (CMU). As quatro equipes empresariais foram escolhidas por meio de um processo de seleção competitiva, que incluiu uma entrevista pessoal com cada uma das 14 equipes que apresentaram uma inscrição. Após uma análise cuidadosa, o painel de avaliação selecionou quatro projetos sólidos que visam comercializar produtos e serviços na área de TIC. “As quatro equipes selecionadas apresentaram ideias de negócios focadas em soluções tecnológicas que podem ser competitivas e agregar valor às empresas e usuários finais”, afirmou João Claro, diretor nacional do Programa CMU Portugal. João Claro está confiante de que “o inRes ajudará a fortalecer e consolidar as habilidades de gerenciamento de equipes empreendedoras que lideram startups de base tecnológica, expondo-as a ambientes internacionais altamente competitivos”. Segundo o diretor nacional, esta iniciativa é “um passo natural para o Programa CMU Portugal”, que ajudou a criar 10 startups em sete anos de parceria entre universidades portuguesas e instituições de pesquisa, empresas e CMU …

Leia o artigo completo em:

Notícias da Universidade Carnegie Mellon

 - 
Arabic
 - 
ar
Bengali
 - 
bn
German
 - 
de
English
 - 
en
French
 - 
fr
Hindi
 - 
hi
Indonesian
 - 
id
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es